MEMÓRIAS...

Tocando em frente...

νινα! вσм мєѕмσ é ιя à ℓυтα ¢σм ∂єтєямιηαçãσ... αвяαçαя α νι∂α ¢σм ραιχãσ, ρєя∂єя ¢σм ¢ℓαѕѕє є νєη¢єя ¢σм συѕα∂ια... ρσяqυє σ мυη∂σ ρєятєη¢є α qυєм ѕє αтяєνє є α νι∂α é мυιтσ ραяα ѕєя ιηѕιgηιƒι¢αηтє! (¢нαяℓєѕ ¢нαρℓιη)

sábado, 12 de setembro de 2009

Caminho das Índias... Caminho para o AMOR...
Noite grandiosa!!!
Os últimos dias foram carregados de fortes emoções, culminando, hoje, com o capítulo final, da novela de Glória Perez, que mais uma vez nos trouxe para a vida, fazendo aflorar um turbilhão de sentimentos, que nos tornam melhores, quando nos damos conta da mensagem que ela, brilhantemente, nos passou, através de seus personagens. Nos últimos meses e, mais precisamente, nas últimas semanas, a minha vida tem passado também por um turbilhão de sentimentos, os quais têm me deixado mais emotiva e um pouco fora do ar, provocando minha ausência para as coisas mais concretas e reais. Tenho refletido muito sobre sentimentos conflitantes, sobre perdas, conquistas, amores e desamores, valores, apegos e desapegos, verdades e mentiras e sobre estar feliz! Hoje, com o último capítulo da novela, pude captar e transcrever alguns momentos que mais me emocionaram. Tudo culminou com o desapego de falsos valores, rumando para o caminho de uma nova vida: RECOMEÇAR... Quando nascemos somos únicos e portanto, diferentes, mas o que nos torna melhores ou piores, é o que carregamos de valores: o preconceito, a vaidade, a injustiça, a intolerañcia, muitas vezes, não deixam que vivamos mais no amor: mais na troca, no respeito e na confiança... Por amor, renunciamos sim, ao sentimento de posse que temos por outra pessoa. Pelos filhos, fazemos de tudo e nos doamos, mas mostrando RETIDÃO, sempre! E, o personagem Tarso, se despede cantando Raul Seixas: Maluco Beleza... Lindo!!! Lindo!!! Temos que ser comprometidos com as nossas atitudes, pois somos valorizados pelos nossos exemplos, mas procurando viver com leveza, como disse o personagem Ramiro, "Deixe a vida me levar". O personagem de Estênio Garcia nos mostrou que não podemos fugir da consciência de que os psicopatas estão soltos por aí, que o mal existe e, como disse o de Lima Duarte " O bem e o mal têm de estar sempre juntos para que o homem possa escolher e, o campo de batalha, é a mente humana". De acordo com, o Mestre, quando renunciamos não devemos olhar para trás e que no mundo não se corre... se anda... O personagem de Osmar Prado falou de RENASCER, começar um novo ciclo, nascer de novo vivendo todas as fases da vida... E o final... O final foi APOTEÓTICO: no palco da Estudantina Musical, Maria Betânia canta: Viver e não ter a vergonha de ser feliz... ...E a vida! É bonita, é bonita e é bonita!!! E, como sempre, ao final, o amor prevalesce, Ragi vai ao encontro de Maia e... fala: "Nós construimos um amor", envolvidos pela música "Im in the mood for love", e juntos, EU AMO VOCÊ! Are baba!!! Viva o amor!!! E, para mim, especialmente, fica a lição de que AMAR é também RENUNCIAR... "Estou partindo e deixo contigo meu coração mundano, que sempre esteve cheio de você", personagem de Lima Duarte.

2 comentários:

Fernanda disse...

Oie...
passei por aqui para desejar boa semana...
beijos
cuide-se

Ernani disse...

Are Baba!
Cuida o teu coração!
Como sempre te dais bem com as letras.
Beijão!!!